quinta-feira, abril 2

Sabron



Qdo eu era pequeno meu avô me chamava de Sabron
Aí, nasceu meu irmão. (Malditos caçulas, eles roubam tudo de vc)
Adivinha que apelido meu vô deu pra ele: Sabron tbm!
Para diferenciar ele começou a chamar de SABRON PRIMEIRO e SABRON SEGUNDO.

Os anos passaram e meu vô cansou de falar tantas palavras.
Sobrou então, Bron Primeiro e Bron Segundo.
Depois que eu e ele tivemos uma conversa sobre política, a uns anos.
Ele passou a me chamar de "Doutor".
Passado remoto... Eu ainda defendia o Lula e acreditava que o Vitória seria campeão um dia.

Preferia muito mais o "Sabron" ao "Doutor", que inclusive soava meio irônico...
Um dia minha mãe perguntou a ele de onde tinha tirado aquilo de Sabron.

: Era um cliente meu. Eu fazia o cabelo dele e do colega militar, o Quin Quin Sem Osso.
(Meu avô é barbeiro, não do tipo que bate carros, o outro, que usa tesouras e navalha...)

Peraê, o nome do cara era SABRON e tinha um amigo chamado QUIN QUIN SEM OSSO????
Depois disso, desisti de saber o resto e fiquei com a lenda.

Como eu sempre digo: A verdade nunca ganha de uma lorota bem contada...

VENDEDOR
Olha a jaca, a Banana, vai querer seu Jorge?

MEU VÔ
Eu lá vou querer sua banana?
Vc é crente, eu não gosto de crente!

VENDEDOR
Mas esses dias eu não tô indo não

MEU VÔ
Ummm...
Deixe eu ver essa jaca aí...

3 comentários:

Eric Barretto disse...

Verdade seja dita:
A parte da lorota é a mais verdadeira! ^^

Geni disse...

Nunca entendi mesmo essa história de "Doutor"..
E eu que virei "xuxinha"? hauhuahauha
Criativo ele é!! E um doce!

Raquel disse...

meu vô me chamava de Querequequel


é mania de vô é?